ūüí¨ Apresente-se ao dadosabertos.social

Ol√°! Acabou de conhecer o f√≥rum e est√° experimentando o conte√ļdo? :mag: Ou j√° l√™ e acompanha h√° bastante tempo, mas acha que nunca houve nada que tivesse vontade de escrever? :pencil2:

Qualquer que seja o seu caso, apresente-se aqui. :speech_balloon: Conte-nos um pouco da sua trajetória, :footprints: como conheceu e por que se interessou por dados abertos, o que você faz ou já fez, seja relacionado a esta temática ou não. Este espaço é destinado a isso, para que as pessoas que compartilham interesses em comum possam se conhecer e, quem sabe, estabelecer novos contatos e crescer a comunidade. :brick:

2 curtidas

Vou começar me apresentando. Tentarei resumir uma longa trajetória relacionada a dados abertos, por isso o meu texto é um pouco longo. Mas, por favor, fiquem totalmente à vontade para se apresentar, mesmo que com mensagens curtas contando apenas o que você faz e qual é o seu interesse em relação a dados abertos.

Come√ßando pela minha forma√ß√£o, sou bacharel em Matem√°tica Computacional pela UFMG e mestre pela Universidade Cat√≥lica de Bras√≠lia. Atuo como servidor p√ļblico desde 2004. Mais informa√ß√Ķes sobre mim est√£o no meu perfil (sabia que voc√™ pode preencher seu perfil no f√≥rum? Clique a bolinha no canto superior direito com as suas iniciais, depois selecione ‚Äúprefer√™ncias‚ÄĚ e ‚Äúperfil‚ÄĚ. Inclusive ganha um emblema quem faz.) e no meu site herrmann.tech.

Meu interesse pelos dados abertos se iniciou em 2009, ano de lan√ßamento dos portais data.gov (dos Estados Unidos) e data.gov.uk (do Reino Unido). Quando descobri que ambos os portais haviam sido feitos usando um software livre, o CKAN, tomei a iniciativa de traduzi-lo, pela primeira vez, para o portugu√™s do Brasil. Comecei a participar da lista de e-mails Transpar√™ncia Hacker, um coletivo onde as pessoas interessadas por dados abertos e transpar√™ncia p√ļblica se juntavam na √©poca. Tamb√©m comecei a me envolver em outros projetos da Open Knowledge Foundation, com o Open Data Day e iniciativas como, por exemplo, o dataportals.org, que procura ser um √≠ndice de portais de dados abertos ao redor do mundo, e o publicbodies.org, que visa coletar informa√ß√Ķes gerais sobre todos os √≥rg√£os p√ļblicos.

Pouco depois, em 2010, surgiu a oportunidade de ir trabalhar no Minist√©rio do Planejamento, ap√≥s ter sido aprovado em outro concurso, e ajudar a idealizar, construir e implementar uma pol√≠tica de dados abertos para o governo federal. Entre 2010 e 2018, criamos e cuidamos da Infraestrutura Nacional de Dados Abertos ‚Äď INDA, seu Comit√™ Gestor e suas normas; capacitamos cerca de 2 mil pessoas, sendo a maior parte delas servidores p√ļblicos, sobre diversos temas relacionados a dados abertos; estruturamos a Pol√≠tica de Dados Abertos do poder executivo federal com o Decreto 8.777/2016; criamos o portal dados.gov.br de maneira colaborativa; apoiamos a elabora√ß√£o de dezenas de Planos de Dados Abertos de √≥rg√£os e entidades federais; trocamos experi√™ncias e apoiamos a cria√ß√£o de pol√≠ticas de dados abertos em governos locais e integramos seus portais de dados ao dados.gov.br; entre outros.

Ap√≥s 2019, a CGU assumiu a responsabilidade pela pol√≠tica e pelo portal de dados abertos no governo federal. Parei de atuar com dados abertos em n√≠vel central, mas, de certa forma, continuo atuando at√© hoje com dados abertos, dentre outras atribui√ß√Ķes, organizando e implementando a publica√ß√£o de alguns dos conjuntos de dados abertos da Secretaria de Gest√£o do Minist√©rio da Economia. Para conhecer quais s√£o esses dados, veja o evento que apresentamos no Open Data Day de 2022.

Al√©m disso, em 2019 o @nitai e eu criamos este f√≥rum para tentar organizar melhor o conte√ļdo que era discutido no grupo @dadosabertos no Telegram, o qual n√≥s tamb√©m hav√≠amos fundado em 2016 ap√≥s um Open Data Day.

2 curtidas

Bom dia! Eu ja acompanho o fórum ha algum tempo porem estava cadastrada com outro e-mail de uma empresa a qual não trabalho mais.
Sou física e professora, porem trabalhei em tecnologia por 20 anos e depois n área de ciência de dados, voltada pra área financeira. Hoje tenho uma startup de ciência de dados junto com meu filho que é PHD em Engenharia da Informação pela Universidade de Virginia.
Nossa startup chama-se Sua Rua (www.suarua.com.br) e focamos no setor imobili√°rio e financeiro. Muito obrigada pela gest√£o deste site t√£o importante pra todos.

1 curtida

Que legal, @Cristina_Haselmann! Imagino que vocês usem na Sua Rua algumas fontes de dados que são dados abertos. Havendo qualquer dificuldade em encontrar ou usar esses dados, não hesite em compartilhar aqui no fórum.

E obrigado pelo feedback. √Č sempre bom saber que o compartilhamento de informa√ß√Ķes aqui tem sido √ļtil para mais algu√©m. :blush:

Uma postagem foi mesclada em um tópico existente: :stethoscope: Como obter e tratar Dados do Datasus

Ol√°, sou doutorando na √°rea de Administra√ß√£o de Empresas/ Neg√≥cios Internacionais, e descobri este f√≥rum quando estava buscando dados sobre CNPJs, mais especificamente dados relacionados a exporta√ß√Ķes feitas por empresas brasileiras. N√£o sei se h√° algum t√≥pico espec√≠fico sobre este tema, caso tenham alguma dica de onde conseguir dados relacionados a ele ficarei muito grato. E, independentemente disso, creio que poderei aprender muito por aqui sobre o uso de dados abertos.
Abraços,

1 curtida

Olá, Fernando, seja bem vindo a este fórum! Se procura dados abertos, você veio ao lugar certo.

De fato, creio que esse √© um tema que ainda n√£o foi discutido aqui no f√≥rum. Sei que o Minist√©rio da Economia (a parte que antes era chamada de Minist√©rio do Desenvolvimento, Ind√ļstria e Com√©rcio Exterior, e deve voltar a ser assim a partir da semana que vem) publica estat√≠sticas de exporta√ß√Ķes brasileiras a partir de dados do Siscomex.

O Portal Brasileiro de dados abertos foi reformulado recentemente e as coisas n√£o ficaram nada f√°ceis de se encontrar. Mas depois de algum tempo procurando acabei conseguindo encontrar esses dados aqui:

https://dados.gov.br/dados/conjuntos-dados/estatisticos-do-comercio-exterior-brasileiro-de-bens

Por√©m n√£o os baixei para conferir se est√£o acess√≠veis e/ou atualizados. Caso tenha alguma d√ļvida sobre eles ou como utiliz√°-los, gostaria de sugerir que voc√™ crie um novo t√≥pico no f√≥rum espec√≠fico para discuti-los, j√° que este aqui √© para as pessoas se apresentarem e receber as boas vindas.

Editado em 2/6/2023: foi publicado hoje um decreto sobre a divulgação das estatísticas oficiais do comércio exterior.

1 curtida

Olá e, antes de tudo, parabéns por essa bela iniciativa @herrmann. Envio aqui minha apresentação atrasadíssima, mas queria explorar melhor o ambiente e estive visitando vocês em doses homeopáticas devido às correrias cotidianas.

Quanto a mim, fiz o bacharelado em Física na USP da capital paulista há um tempinho atrás, pouco depois da era da pedra lascada. Mais tarde fui trabalhar numa importadora em Piracicaba e onde cursei meu MBA em Administração Estratégica da Produção, Qualidade e Inovação (nominho grande), pela Unimep. E durante a pandemia, perdendo o emprego vim para Franca, interior de SP, onde continuo até o momento.

Nisso, entre um bico e outro voltei a rever programa√ß√£o e ent√£o me toquei do tempo que havia perdido, sendo que j√° possu√≠a alguns dos skills para a √°rea de dados. Ent√£o decidi me dedicar a isso, realizar 5 anos em 1, praticamente. Ap√≥s um planejamento e muito estudo, embora ainda desempregado dentro do meu planejamento, atualmente estou cursando a forma√ß√£o cientista de dados da DSA e comecei como volunt√°rio no Instituto Health Lake, cuja proposta √© a divulga√ß√£o de dados na √°rea de sa√ļde. Inclusive, j√° vi uma discuss√£o aqui f√≥rum sobre o DataSUS. Portanto, creio ser o Dados Abertos um √≥timo local para troca de conhecimentos.

1 curtida

Ol√°, Danilo, seja bem vindo!

Eu também cheguei a cursar bacharelado em Física na UFMG, mas abandonei o curso e depois acabei fazendo o bacharelado em Matemática Computacional na mesma universidade. No campo da ciência de dados sempre foi muito comum as pessoas terem formação em outras áreas, especialmente nas chamadas ciências exatas.

O importante é estar sempre estudando e aprendendo mais e também manter um portfólio para mostrar o que você já fez com dados. Então você parece estar trilhando o caminho certo. Esse Health Lake que você mencionou é o da Amazon?

1 curtida

Foi mais inteligente que eu na faculdade rsrs… Brincadeiras à parte, só lamento não ter ingressado na área de dados antes, mas foi por falta de conhecimento mesmo. Minha sorte é que já estudava uma coisa ou outra de programação por hobby, então facilitou quando decidi traçar essa nova trilha.

Bem, vou deixar o link do Health Lake, não é da Amazon, não. Como estou colaborando só há 3 meses, ainda estou me inteirando das coisas por ali. Contudo, sendo as atividades mantidas quase que na totalidade por voluntários apaixonados por dados, manter uma ponte com o que vocês apresentam aqui pode ser muito legal. Grande abraço!

Segue o link abaixo:
https://healthlake.com.br/

1 curtida

Bom dia, pessoal. Estou chegando agora, ent√£o vou me apresentar.

Meu nome √© Giovane Caruso, sou gestor de comunica√ß√£o da Base dos Dados, ong que trabalha para universalizar o acesso a dados de qualidade :green_heart:. Trabalho com m√≠dia e gest√£o, mas tenho bastante entusiasmo pelo debate sobre dados abertos e transpar√™ncia p√ļblica no Brasil. Al√©m de querer aprender mais sobre esses temas, estou estudando comunidades virtuais dentro desse nicho. Se algu√©m conhecer outras, adoraria recomenda√ß√Ķes.

Acho que muitos aqui devem conhecer a BD, se n√£o, eu super recomendo conferir: https://basedosdados.org/

2 curtidas

Ol√° Giovane, seja bem vindo!

Conheço a Base dos Dados desde que era apenas uma ideia do @rdahis. Desde então sempre recomendo como uma ferramenta onde se encontra dados com curadoria, qualidade e facilidade. Com a ressalva de que está na infraestrutura do Google e todas as vantagens e desvantagens em decorrência disso. Legal ver que ela cresceu e já conta com uma equipe!

Obs.: sua mensagem estava em duplicidade e tive que apagar uma delas. O fórum permite editar as postagens já feitas, caso perceba depois alguma correção necessária.

Ol√°, um salve a todos.
Encontrei recentemente o portal e achei muito bacana. √ďtima iniciativa @herrmann .

Trabalhei como programador Java e Javascript num banco. Nos √ļltimos dois anos tenho mergulhado no mundo dos dados, trabalho com SAS no momento, finalizando uma especializa√ß√£o em Data Science, e por conseguinte, caminhando com as linguagens R e Python.
Trabalhando num artigo sobre identificação de clusters espaciais de candidatos ao legislativo usando a base de votação do TSE.

Estou buscando projetos onde possa contribuir com os conhecimentos aprendidos na especilização. Precisando de ajuda, podemos colaborar.

Abraço.

1 curtida

Salve, @walves, bem vindo!

Bacana a ideia do seu projeto sobre candidatos ao legislativo. Quando puder, compartilhe conosco aqui também!

Se você procura também outros projetos em software livre relacionados a dados abertos para contribuir, temos também uma lista aqui:

1 curtida

Olá! Me chamo Luísa, trabalho no planejamento do estado do Piauí e estou concluindo mestrado em planejamento urbano e regional. Passei a lidar com dados na conclusão da dissertação, é algo novo, mas que pretendo me aprofundar. Pesquiso desigualdade regional ligada a produção de commodities. (HELP!)

√Č isso. Adorando o espa√ßo constru√≠do aqui. :slight_smile:

2 curtidas

Olá, Luísa, bem vinda!

Como voc√™ estuda a produ√ß√£o de commodities, imagino que voc√™ j√° esteja familiarizada com os dados da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE. Se tiver alguma d√ļvida, sugest√£o ou quiser discutir algum assunto em particular, sinta-se √† vontade para criar um novo t√≥pico sobre o assunto.

Obrigada @herrmann . Na verdade, não estou não. Pesquiso a produção de soja no sul do Piauí. A questão é justamente se há valor agregado nessa produção. Mas, agora que vc mencionou, vou dar uma olhada pra ver o que tem de dados pro estado.