Produção científica sobre dados abertos no Brasil

Ao longo dos anos, tem sido produzida bastante pesquisa sobre dados abertos no Brasil. Seria bom poder reunir, em um local de fácil acesso, os resultados das pesquisas realizadas no Brasil, produzidas por brasileiros ou que sejam sobre o Brasil.

No ano pasado, a Open Knowledge Brasil fez um levantamento aberto sobre essas pesquisas. Parece que o formulário ainda está aberto. Seria importante atualizá-lo, incluindo o que se produziu desde então. Minha sugestão é que, quem tiver algum trabalho que queira divulgar, o inclua no formulário da OKBR.

Também é importante tentar organizar essa produção segundo algum critério, para facilitar a consulta. Segue uma primeira tentativa. Com o passar do tempo, irei pegando itens da planilha para tentar organizá-los em categorias e editando esta postagem.

Uso de dados abertos

Portais de dados abertos

Dados abertos no domínio educacional

Orçamento e despesas públicas

Revisões bibliográficas

Grupos de pesquisa

10 curtidas

Muito bom Hermann. Parabéns pela contribuição.
Compartilho o artigo que escrevemos sobre a experiência da abertura de dados do Recife, contando também um pouco sobre a estratégia de abertura de dados da cidade do Recife https://www.bad.pt/publicacoes/index.php/cadernos/article/view/1901

5 curtidas

Olá a todos, gostaria de compartilhar o site da Rede Academico de Governo Aberto, coordenada pela professora Ester Kauffman. http://www.redacademicagobabierto.org/

A lista de publicações se encontra disponível na url http://www.redacademicagobabierto.org/publicaciones-de-adherentes/

1 curtida

Show, Augusto, ótima iniciativa.

Gostaria de adicionar também o grupo do prof. Seiji Isotani, no ICMC da USP - São Carlos, o CAEd.

Em particular, tenho trabalhado mais com dados voltados para o domínio educacional.

Logo, vem mais por aí! =)

2 curtidas

Olá, @bpenteado! Seja bem vindo ao fórum!

Obrigado pelas suas sugestões. Já acrescentei na postagem original.

Acabaram de sair os resultados da pesquisa da Marília Gehrke, da UFRGS, sobre a percepção dos jornalistas de dados sobre a transparência no Brasil. A pesquisa será apresentada em março na Conferência Computation + Journalism 2020, em Boston.

Já acrescentei na listagem da postagem original.

Incluí o trabalho de Albano, Leaes Jr. e Corso que faz uma revisão bibliográfica sobre estudos de dados abertos no Brasil. Entretanto, vários dos trabalhos listados aqui neste tópico não foram encontrados pelos autores da revisão.

Olá pessoal,

Com um certo atraso histórico, e também com um empurrãozinho do @herrmann , aqui vão algumas produções derivadas do meu curso de Doutorado na UFRJ, sob orientação da profa Maria Luiza Machado Campo.

Os temas vão de Data Literacy a Linked Open Data, passando por dados de orçamento, entre outros. Tudo foi produzido entre 2015 e 2016.

Alguns artigos, em ordem de preferência:

TYGEL, ALAN F.; KIRSCH, R. . Contributions of Paulo Freire for a Critical Data Literacy: a Popular Education Approach. Journal of Community Informatics, v. 12, p. 108-121, 2016.

TYGEL, A. F.; LUIZA MACHADO CAMPOS, MARIA ; ALVEAR, C. A. S. . Teaching Open Data for Social Movements: a Research Strategy. Journal of Community Informatics, v. 11, p. 1, 2015.

TYGEL, ALAN F.; ATTARD, J. ; ORLANDI, F. ; CAMPOS, M. L. M. ; AUER, S. . ‘How Much?’ is not Enough: an Analysis of Open Budget Initiatives. In: 9th International Conference on Theory and Practice of Electronic Governance, 2016, Montevideo. ICEGOV '15-16 Proceedings of the 9th International Conference on Theory and Practice of Electronic Governance. New York, NY, USA: ACM, 2016. p. 276-286.

TYGEL, ALAN; AUER, SOREN ; DEBATTISTA, JEREMY ; ORLANDI, FABRIZIO ; CAMPOS, MARIA LUIZA MACHADO . Towards Cleaning-Up Open Data Portals: A Metadata Reconciliation Approach. In: 2016 IEEE Tenth International Conference on Semantic Computing (ICSC), 2016, Laguna Hills. 2016 IEEE Tenth International Conference on Semantic Computing (ICSC), 2016. p. 71.

FREIHOF TYGEL, ALAN; GONÇALVES, LEONARDO GONÇALVES ; SANTOS, MAYARA ; MARQUES, GABRIEL ; LUIZA MACHADO CAMPOS, MARIA . Informação para Ação: Desenvolvimento de um Portal de Dados Abertos Sobre Agrotóxicos. Revista Tecnologia e Sociedade, v. 11, p. 99-119, 2015.

A tese em si:

Semantic Tags for Open Data Portals: Metadata Enhancements for Searchable Open Data.

Orientadora: Maria Luiza Machado Campos.
Doutorado em Computação em sistemas complexos.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil, com período sanduíche em Rheinische Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn (Orientador: Sören Auer).

1 curtida

Obrigado, @alantygel ! :sparkles: Já acrescentei seus artigos na postagem original.

Opa Herman. Tudo bem?

Na Ciência da Informação, nós temos uma boa bibliografia sobre Dados Abertos também. No GT5 de Economia Política, todo ano aparecem trabalhos sobre Dados Abertos. Segue uma biblio básica com autores nacionais:

BRAGA, C. F.; TUZZO, S. A. Dados abertos à brasileira: aspecto de uma cidadania denegada. Comunicação & Inovação, v. 18, n. 37, p. 48–65, 8 ago. 2017.

BRISOLA, A. C.; GOMES, J. C.; SCHNEIDER, M. A. F. Hackeando dados abertos: competência crítica em informação e cidadania. XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVIII ENANCIB). Anais… In: XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVIII ENANCIB). 24 set. 2017. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/xviiienancib/ENANCIB/paper/view/515. Acesso em: 22 jul. 2018

GOMES, J.C.; SCHNEIDER, M. A.; BEZERRA, A. C. Aplicativos cívicos: apropriação de dados abertos governamentais pela sociedade. Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Anais… In: ENANCIB XIX. Marília: 2018.

1 curtida

Olá, Josir. Obrigado pelas referências! Agora transformei em wiki a postagem original deste tópico. Se importaria em acrescentar lá essa bibliografia? Como agora é uma wiki, qualquer pessoa pode editá-la.

Opa. Legal! Não sabia que existia essa possibilidade. Tentei achar algum botão que permitisse a edição mas acho que não tenho permissão ou então não sei onde tem que clicar :confused:

Talvez seja porque você acabou de se registrar no fórum e o Discourse automaticamente, por proteção contra spam, bloqueia algumas funções de usuários novos. Subi o seu “nível de confiança” manualmente (normalmente isso é automático após alguns dias de uso do fórum).

Veja por favor se agora o botão “editar” aparece para você.

1 curtida

Deu certo. Muito obrigado, @Josir! Assim vamos tornando esse repositório de conhecimento cada vez melhor e mais completo.

1 curtida