IOT Solutions World Congress

De 31 de janeiro a 2 de fevereiro de 2023 acontece em Barcelona, Espanha, o evento IOT Solutions World Congress, sobre IoT, ou internet das coisas.

Pesquisei na programação do evento, mas não encontrei nenhuma sessão que envolva dados abertos. Porém, no Diário Oficial da União de hoje, seção 2, pág. 5, tem a autorização de afastamento do país de um servidor do IBICT

com a finalidade de promover debates sobre economia circular, inovação e dados abertos e apresentar a experiência do IBICT em pesquisa no tema Internet das Coisas (IOT)

O IBICT esteve envolvido com a temática dos dados abertos desde o seu início no poder executivo federal, tendo servidores participado da sua elaboração, capacitado outros servidores no uso do CKAN, etc.

https://acv.ibict.br/banco-nacional/o-que-e-sicv/

Esse sistema foi apresentado no evento?

Ele tem dados abertos? Vi que tem consultas pelo formul√°rio, mas ao tentar a op√ß√£o ‚Äúbaixar‚ÄĚ, d√° erro:

Esse sistema foi apresentado no evento? Vai ser uma das solu√ß√Ķes apresentadas pela delega√ß√£o da IBCT na pr√≥xima semana!

Ele tem dados abertos? Num contexto/escopo espec√≠fico (ACV/LCA), mas me parece que sim! Guardada as devidas propor√ß√Ķes e finalidades √© um CKAN da vida!

Vi que tem consultas pelo formul√°rio, mas ao tentar a op√ß√£o ‚Äúbaixar‚ÄĚ, d√° erro: Essa √© uma funcionalidade vinculada aos ‚Äúroles‚ÄĚ do sistema!

Mas voc√™ pode escolher um agrupamento de ‚Äúdatasets‚ÄĚ no menu esquerdo (similar as tags do CKAN), depois na lista apresentada clique no link de um ‚Äúdataset‚ÄĚ do seu interesse para acessar a ‚Äúficha descritiva‚ÄĚ e visualizar os descritivos (metadados), bem como os ‚Äúresourses‚ÄĚ dispon√≠veis.

Nem tudo na base √© de ‚Äúacesso p√ļblico‚ÄĚ (sem login), existem algumas especificidades do contexto/escopo (ACV/LCA), mas tem muitos dados que podem ser acessados de forma direta pela sociedade interessada na tem√°tica.

1 curtida

@JReagle, você sabe se a apresentação será transmitida?

Quanto ao uso do sistema, seguem algumas sugest√Ķes de melhoria. N√£o sei se √© porque os dados s√£o sobre o assunto que n√£o domino, mas fiquei com a impress√£o de que n√£o h√° um download de algum volume significativo de dados process√°veis por m√°quina. Os √ļnicos downloads que vi s√£o:

  1. aquele que apontei acima, que dá um erro (nem mesmo diz que o erro é falta de autorização de acesso;
  2. na ficha do ‚Äúdataset‚ÄĚ, h√° um download de XML, da seguinte forma:

Escolha uma das op√ß√Ķes de datasets no menu √† esquerda. Por exemplo:

soda4LCA-1

Aparecerá uma longa lista de itens como a abaixo. Não consegui encontrar opção de baixar toda essa lista, então alguém que precisasse provavelmente teria que fazer scraping do site.

Ao escolher um item da lista, a√≠ sim aparecem as op√ß√Ķes ‚Äúver conjunto de dados completo‚ÄĚ e ‚Äúbaixe o conjunto de dados como um arquivo XML‚ÄĚ. A primeira mostra uma ficha com v√°rios metadados. A segunda inicia o download de um arquivo XML que parece conter esses mesmos metadados. Mas s√£o poucos dados, nos que baixei n√£o passaram de 5 KB cada um. Ent√£o, algu√©m que quisesse baixar todos teria que fazer um crawler para baixar um a um.

Lembrando os dez princípios dos dados abertos, entendo que para atender ao princípio 4 seria necessário oferecer um download completo:

Al√©m disso, se existem partes dos dados que n√£o devem, por algum motivo legal, ser de acesso p√ļblico, √© importante deixar isso claramente estabelecido. Deixar a op√ß√£o vis√≠vel e apresentar um erro ‚Äúgen√©rico‚ÄĚ ao clic√°-la s√≥ faz confundir as pessoas.